Importador-csv

From Tainacan
Jump to: navigation, search

O Importador CSV permite que usuários importem itens para uma coleção diretamente de um arquivo .csv.

Vídeo Tutorial: Importar itens[ ]


Consulte também como importar Taxonomias para criar vocabulários controlados ou realizar a importação de tesauros.


Parâmetros do .csv[ ]

O arquivo para envio deve ser um .csv padrão, em que cada linha abriga a informação de um item, e cada coluna abriga os valores para cada metadado em específico. Além disso, a primeira linha contem os títulos das colunas.

Exemplo:

Coluna dos Itens Coluna do Metadado 1 Coluna do Metadado 2
Arquivo do Item 1 Valor do Metadado 1 Valor do Metadado 2
Arquivo do Item 2 Valor do Metadado 1 Valor do Metadado 2

Quando o usuário inicia o processo de importação, deve-se escolher a codificação em que o arquivo .csv foi salvo (geralmente está em UTF-8), o caractere de separação das colunas e o caractere de compartimento da célula. Essas opções são configuradas quando o usuário cria o arquivo .csv, usando um programa de edição de planilhas (como Excel ou LibreOffice, por exemplo).

Nessa seção o usuário também irá informar o caractere (ou caracteres) usados para separar múltiplos valores dentro de uma única célula (recomenda-se o uso do símbolo pipe: "|").

Depois de configurar o importador e selecionar a coleção de destino, o arquivo .csvé enviado e o usuário tem a chance de mapear as colunas presentes no .csvpara os metadados presentes na coleção de destino.

Se o metadado não foi criado anteriormente na coleção, o usuário pode criar e mapear o metadado nesta mesma tela, ou escolher a opção Criar Metadado no mapeador. Se esta opção é selecionada, o Tainacan irá automaticamente criar o metadado quando o importador for executado.

(Veja como criar metadados automaticamente na seção abaixo para aprender como dizer ao Tainacan o tipo e os atributos de metadados a serem criados.)

Colunas Especiais[ ]

Cada coluna do arquivo .csv deve ser mapeado para um metadado na coleção de destino. Entretanto, existem colunas especiais que podem ser usadas para configurar outros aspectos do item. Por exemplo, o status do item pode ser configurado como público, rascunho ou privado para editores.

As colunas especiais que podem ser usadas são:

  • special_item_status - Informa o status do Item. Os valores possíveis são:
    • draft: rascunho
    • private: privado
    • publish: público
  • special_item_id - Informa a 'ID do item no banco de dados do Tainacan. Essa função é útil para re-importar itens e permitir que o usuário decida atualizar os itens existente ou ignora-los e adicionar novos itens.
  • special_document - permite que o usuário informe o documento do item. Consulte Importando arquivos e anexos.
  • special_attachments - permite que o usuário informe os anexos. Consulte Importando arquivos e anexos.
  • special_comment_status - permite que o usuário informe se os items podem receber ou não comentários, as opções são: "open" ou "closed"(padrão).


Exemplo:

Coluna dos Itens Coluna do Metadado 1 Coluna do Metadado 2 special_item_status special_item_id special_document special_atachments
Arquivo do Item 1 Valor do Metadado 1 Valor do Metadado 2 publish 01 url:http://exemplo.br/abcd file:http://seusite.br/anexo1.frmt
Arquivo do Item 2 Valor do Metadado 1 Valor do Metadado 2 draft 02 file:http://seusite.br/item2.frmt url:http://exemplo.br/abcd
Arquivo do Item 3 Valor do Metadado 1 Valor do Metadado 2 private 03 text:texto de exemplo file:http://seusite.br/anexo3.frmt

Importar arquivos e anexos[ ]

Se você também tem arquivos para importar que estão relacionados aos itens no seu arquivo .csv, você pode usar algumas colunas especiais para isso.

Use special_document, para definir o documento do seu item, e special_attachments para adicionar um ou mais anexos.

Os valores para special_document podem ser:

  • url:
  • file
  • text
Exemplo:
nome, special_document
Uma imagem,file:http://example.com/image.jpg
Um vídeo do youtube,url:http://youtube.com/?w=123456
Um texto,text:This is a sample text

Os valores para special_attachments são apenas uma lista de arquivos. Se você deseja adicionar muitos anexos, use o caractere separador que você definiu na opção de separador de células multivaloradas do seu arquivo .csv. Nos dois casos você pode apontar um arquivo usando uma URL, ou apenas o nome do arquivo. Para apontar o nome do arquivo, você deve configurar essa opção para o Tainacan localizar os arquivos no seu servidor. Você pode enviar eles diretamente (via FTP, por exemplo) e o Tainacan irá adicionar eles aos seus itens.

Exemplo:
nome, special_attachments
Uma imagem,http://example.com/image.jpg
Várias imagens,http://example.com/image.jpg%7C%7Chttp://example.com/image2.jpg%7C%7Chttp://example.com/image3.jpg
Imagens enviadas por FTP,myfolder/image.jpg||myfolder/image2.jpg

Vídeo Tutorial: Importar arquivos e anexos[ ]


Criar metadados automaticamente[ ]

Quando o usuário mapeia as colunas encontradas no arquivo .csv aos metadados presentes na coleção de destino, é possível selecionar a opção Criar Metadado, então o importador irá criar o metadado automaticamente durante o processamento do arquivo .csv.

Por padrão, o metadado criado será do tipo Texto e público, mas é possível informar ao Tainacan o tipo e outras opções do metadado no começo do arquivo .csv.

Na primeira linha, onde você define o nome de cada coluna, é possível adicionar algumas informações que serão usadas pelo importador para criar o metadatum_id.

Cada informação sobre o metadado deve ser separada pelo caractere "|".

A primeira informação deve ser o nome do metadado, e na sequência o tipo do metadado,

Os tipos de metadados suportados nativamente atualmente são:

  • text - Texto
  • textarea - Texto Longo
  • taxonomy - Taxonomia: quando esse tipo é usado, uma nova taxonomia será criada.
  • date - Data: os valores devem ser informados no formato YYYY-MM-DD (2018-01-01).
  • numeric - Numérico
  • relationship - Relacionamento: os valores devem ser a ID do item relacionado.
Por exemplo:
Nome,Assunto|taxonomy,Data de criação|date

Informações sobre o metadado de Taxonomia[ ]

Se uma das colunas do seu CSV tem valores para um metadado de taxonomia e esta taxonomia possui hierarquia, você pode informar essa hierarquia utilizando o sinal de >>.

Por exemplo:

nome, Categoria
Nome do item,Categoria Pai>>Categoria Filha>>Categoria Neta
Lembrando que esta notação só irá funcionar se esta coluna for mapeada para um metadado de Taxonomia, ou se você estiver usando a técnica de Criar metadados automaticamente explicada acima, e marcando esta coluna como um metadado de Taxonomia.

Também é possível utilizar o Importador de vocabulários e, em uma segunda etapa, importar os itens. Caso siga esse caminho, a hierarquia já estará montada, e no seu .csv de itens não será necessário representá-la completamente. Basta inserir o Termo do último nível. Neste caso, o exemplo acima ficaria apenas:

nome, Categoria
Nome do item,Categoria Neta

Instruções para Metadados[ ]

Depois do tipo de metadado, você também pode informar outras instruções:

  • multiple - Múltiplo: para metadados que permitem múltiplos valores
  • required - Obrigatório: para metadados obrigatórios
  • display_yes - Exibir na lista: habilitar metadado na visualização.
  • display_no - Não exibir na lista: ocultar metadado na visualização.
  • display_never - Nunca exibir metadado na visualização.
  • status_public - Status público: metadado visível para todos
  • status_private - Status privado: metadado visível apenas para editores
  • collection_key_yes - Configurar valores deste metadado como único: os valores desse metadado não se repetem em itens nessa coleção.
Exemplo de várias instruções combinadas:
Nome,Assunto|taxonomy|multiple|required,Número de Registro|numeric|required|collection_key_yes|status_private

Importar .csv para o Tainacan[ ]

  1. Acesse o painel de controle do WordPress;
  2. Na barra lateral esquerda, clique em Tainacan;
  3. Acesse a seção Importadores;
  4. Na seção Importadores Disponíveis, selecione CSV;
  5. Configure os campos a seguir de acordo com as configurações realizadas no seu aquivo .csv:
    • Delimitador csv: caractere que separa valores;
    • Delimitador de metadado multi-valorado: caractere que separa valores dentro de uma mesma célula;
    • Delimitador de texto: caractere que delimita todos os valores dentro de uma mesma célula
    • Codificação do arquivo:: parâmetro que determina a codificação dos valores de texto do aquivo. (Geralmente UTF-8, garanta que o arquivo .csv esteja codificado conforme as opções disponíveis no importador).
  6. Configure estes campos de acordo com suas preferências para importação:
    • Item repetido: Determina o comportamento do Tainacan ao identificar itens idênticos no processo de importação. Selecione Atualizar para que o item receba os valores do arquivo .csv ou seleciona Ignorar para que o item já existente na coleção não seja modificado.
    • Importando Anexos: O Importador permite que vários itens sejam inseridos em uma coleção diretamente de um arquivo .csv. Consulte Importador-csv#Importando arquivos e anexos para saber como configurar seu arquivo .csv corretamente.
    1. De acordo com a documentação, aponte a URL no campo caminho para o servidor.
  7. Selecione ou crie uma Coleção Destino para indicar onde os itens serão criados;
    • Selecionando criar uma nova coleção em branco, ao Concluir a coleção, você será redirecionado para o Importador novamente.
  8. Faça o upload do arquivo .csv no campo Arquivo Fonte.
  9. Clique em Próximo;
  10. Na tela Mapeamento de Metadados é possível realizar o processo de-para entre os metadados previamente configurados no .csv;
    1. Selecione metadados identificados no .csv (à esquerda) e seu correspondente da coleção destino (à direita) no Tainacan.
    2. Caso o metadado ainda não exista na coleção, selecione "Criar metadado".
    3. Para criar novos metadados na coleção, selecione Adicionar mais metadados; (Consulte Metadados para saber mais sobre a criação e os tipos de metadados existentes)
    • Atenção: Neste processo, metadados do arquivo .csv não serão criados se não tiverem um metadado apontado na coleção destino.
    • Atenção: As informações de cada metadado em cada item dependem da criação de seu respectivo metadado neste processo.
    • Atenção: Uma vez criado, não é possível alterar o tipo do Metadado. (Por exemplo, alterar um metadado do tipo Texto para Texto Longo, ou Numérico para Data).
    • Consulte Características gerais de metadados para saber mais.
  11. Ao concluir, clique em Executar para iniciar o processo de importação;
  12. Você será redirecionado para a tela de Atividades do Repositório onde poderá acompanhar o andamento do processo de importação.
    1. Esta tela exibe todos os processos de importação já realizados nesta instalação, do mais recente para o mais antigo.
    2. Quando o processo for concluído serão exibidos o arquivo de registro e, em caso de erros, o arquivo de registro de erros.
  13. Uma vez terminado com sucesso o processo de importação, vá para a coleção destino da importação e revise se os metadados, itens e valores estão de acordo com esperado.

Consulte também como importar Taxonomias para criar vocabulários controlados ou realizar a importação de tesauros.